Lindo"

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Aula: “Sede Perfeitos - O Homem de Bem – Caridade e Amor ao Próximo”



 Aula: “Sede Perfeitos - O Homem de Bem – Caridade e Amor ao Próximo”
Turma: Jardim – Sala Joanna de Angelis
Bibliografia: Evangelho Segundo o Espiritismo, cap.XVII, 3,  5º e 6º parágrafos
I – Acolhida e Harmonização. Duração – no máximo cinco minutos.
1 – Exercício: Colocar um cd com música bem suave. Quando as crianças entrarem na sala, pedir para se postarem em círculo e fazerem o seguinte exercício: com todos em silêncio, murmurar o nome de duas crianças que, sem ruído, trocam de lugar enquanto os outros permanecem imóveis. Continuar até todos trocarem de lugar.
2 – Relaxamento:
3 – Respiração:
Obtido o relaxamento muscular, cada um passa a concentrar sua atenção na respiração, inspirando naturalmente, com a boca cerrada, retendo o ar um pouco e expirando, abrindo suavemente os lábios.
Este método de respiração, utilizado diariamente possibilita uma renovação orgânica e, em conseqüência, maior vitalidade.
4 – Visualização:
O Evangelizador deverá levar uma rosa para a sala, e após a realização dos exercícios acima mostrá-la para as crianças, bem devagar, pedindo que cada uma delas sinta seu toque, seu cheiro, preste atenção a sua forma, cor e textura. Depois pedir que os Evangelizandos fechem os olhos e conduzir a visualização:
“Imagine um coração. Veja-o a sua frente. Como ele é bela. Sinta seu calor – como ele é quentinho! Agora imagine estar segurando delicadamente o coração, ele é macio e agradável ao toque, e pulsa cheio de amor. Você se sente muito bem tendo a beleza, a delicadeza e o amor emanado do coração em suas mãos.
Agora imagine uma luz azul muito clara e bonita vinda do alto e te envolvendo todo. A luz sara tudo, te protege e te faz sentir-se muito bem. Essa luz vem de Deus. Ela envolve também seu coração. Você está feliz, pleno e em paz. Agora, abra bem devagar os olhos, voltando para a sala.
  II. Prece.
 III. Atividades
1)             Pegar o “Baú do Tesouro” e colocá-lo no centro da mesa. Dizer: “Aqui está nosso baú do tesouro”, será que hoje vamos poder juntar mais bens espirituais aqui em nossa sala? Inquirir um a um sobre as virtudes cultivadas e boas ações praticadas durante a semana, preencher os coraçõezinhos com o nome de cada Evangelizando e o bem espiritual cultivado naquela semana, entregar para o mesmo colocá-lo no baú. Incentivá-los a continuar cultivando boas atitudes, bons pensamentos e boas palavras, a fim de promoverem a reforma íntima e “encherem” o Baú do Tesouro.

2)             Dinâmica:
Levar os Evangelizandos a observarem duas plantas da mesma espécie, uma bem desenvolvida, outra não. Pedir que levantem hipóteses para explicar essa diferença (falta de sol, tipo de terra, qualidade da semente, pragas).
Comparar o desenvolvimento das plantas com as pessoas:
• As plantas que recebem a luz do sol geralmente desenvolvem-se bem, exceto se faltar água, adubo etc.
• Todas as pessoas são envolvidas pelo amor de Deus, tal como as plantas recebem a luz do sol. Mas enquanto a pessoa não sentir o amor de Deus, será como aquela planta mal desenvolvida.
• As pessoas que não sentem esse amor sentem-se vazias e, às vezes, deixam-se dominar por vícios, por influências de más companhias ou vivem tristes. E aí vão definhando, tal como planta atacada pelas pragas.

3)             Desenvolvimento do Tema:
Lembrar aos alunos que quando Jesus esteve na Terra, o que ele fez a vida toda foi amar ao próximo. Ele não só falou sobre amor, mas demonstrou com exemplos em sua vida, seus atos. Ele deixou para nós o maior mandamento: "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo". Nosso Mestre Jesus nos ensinou que devemos amar e respeitar todas as pessoas ao nosso redor, os animais, as plantinhas, a natureza. A caridade é o amor em ação. Todo o mundo precisa de amor. Nossos pais, amigos, irmãos, professores, os animais e até as plantinhas. Lembrar que São Francisco de Assis amava tanto aos animais que mesmo os mais ferozes não ousavam lhe fazer mal. Podemos expressar nosso amor através das artes, da música, da pintura, da poesia. Do abraço, do silêncio quando o outro faz uma coisa não muito boa, não o criticando somente para humilhá-lo por ele estar errado. Expressamos nosso amor através de nossa presença, do respeito, da atenção quando o outro fala conosco. Quem ama muitas vezes chama nossa atenção, briga com a gente, porque quer que melhoremos e cresçamos. Quem ama nunca quer destruir; só quer melhorar. O amor nunca se divide, ele se multiplica. Se eu amo um amigo e conheço outro amigo, o meu amor não vai ser dividido por dois. Se meus pais me amam e vem outro irmão ou uma criança fica mais pertinho de nós, o nosso amor não vai ser dividido entre nós e quem chegou por último. O amor cresce mais com a doação. Quanto mais você dá, mais você tem e mais você recebe. Quanto mais a gente evolui, mais é capaz de amar. Quanto mais amamos, mais temos vontade de amar, incluindo outras pessoas no nosso sentimento.Também podemos e devemos amar a nossa cidade, aos animais, plantas, ao nosso país e, até, nossa escola, pois todas essas coisas merecem nosso respeito e nossa atenção. Jesus nos ensinou que, além de amar aos outros, precisamos também nos amar.

4)              Passar o vídeo “O Casaco: Uma História de Caridade”, Extraído do Livro infantil:
"Há sempre alguém que precisa de ti". Texto: Leif Kristiansson Ilustração: Kari Aarnivaara
Estocolmo – 1982 Tradução: Maria Lino Montagem: José Ricardo Corrêa.

5)             Imprimir em cartolina, recortar e entregar aos Evangelizandos as fichinhas para serem preenchidas com um desenho que ilustre o texto. Ao final os Evangelizandos deverão presentear um aos outros com suas respectivas fichinhas.

6)             Cantar a música “Amar ao Próximo como a si mesmo" de Clésio Tapety

Letra:
E A E A C#m B
Amar ao próximo como a si mesmo
E A
Fazer aos outros
B B7 E E7
O que gostaríamos que os outros nos fizessem
A B G#m C#m
A medida de amar é amar sem medida
F# F#7 B7 E E7
Olhar outra pessoa com os olhos do coração
A B G#m C#m
A medida de amar é amar sem medida
F# F#7 B E A B
Olhar outra pessoa com os olhos do coração
E A E A C#m B
Qual o segredo da felicidade
E A
Encontramos a felicidade
B B7 E E7
Quando nós tornamos um outro alguém feliz
A B G#m C#m
A medida de amar é amar sem medida
F# F#7 B7 E E7
Olhar outra pessoa com os olhos do coração
A B G#m C#m
A medida de amar é amar sem medida
F# F#7 B E A B E
Olhar outra pessoa com os olhos do coração


7)             Distribuir as figuras abaixo para os Evangelizandos estudarem e conversarem sobre cada uma, depois construírem um cartaz ilustrando a aula:


  




 8)      Prece Final. 
     
Subsídios para o Evangelizador:
AMAI-VOS
Emmanuel
“Não amemos de palavra, nem de língua, mas por obras e em
verdade.” – João. (I JOÃO, 3:18.)
Por norma de fraternidade pura e sincera, recomenda a Palavra Divina: “Amai-vos uns aos outros.
Não determina seleções.
Não exalta conveniências.
Não impõe condicionais.
Não desfavorece os infelizes.
Não menoscaba os fracos.
Não faz privilégios.
Não pede o afastamento dos maus.
Não desconsidera os filhos do lar alheio.
Não destaca a parentela consanguínea.
Não menospreza os adversários.
E o apóstolo acrescenta: “Não amemos de palavra, mas através das obras, com todo o fervor do coração.
O Universo é o nosso domicílio.
A Humanidade é a nossa família.
Aproximemo-nos dos piores, para ajudar.
Aproximemo-nos dos melhores, para aprender
.
Amarmo-nos, servindo uns aos outros, não de boca, mas de coração, constitui para nós todos o glorioso caminho de ascensão.
EMMANUEL
(Do livro “Vinha de Luz”, Emmanuel, psicografia de Francisco C. Xavier, FEB)

Paz e Luz!
Laura 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...