Lindo"

segunda-feira, 9 de abril de 2012

O cãozinho Argos




            Argos era um cãozinho muito esperto. Ele vivia em uma família muito unida e feliz: Joãozinho (seu dono), Margarida, mamãe e papai.

            Um dia Eduardo, o amigo de Joãozinho, ganhou de seu tio um lindo coelhinho branco, todo peludinho, chamado Algodãozinho. 
Realmente era branquinho e macio como uma bola de  algodão.

            Argos e Algodãozinho tornaram-se amigos inseparáveis, assim como Joãozinho e Eduardo e suas irmãs, Margarida e Elisa. Os quatro sempre passeavam juntos e brincavam muito no parquinho.

            Certo dia Eduardo e Elisa foram passear com seus pais. 

Joãozinho, Margarida e Argos estavam jogando bola na frente de sua casa. Mamãe então chamou Joãozinho e Margarida para entrarem. Após algum tempo, papai e mamãe ouviram Argos uivar, abriram a porta e viram uma cena horrível: Argos carregava Algodãozinho entre seus dentes, e Algodãozinho estava sujo de sangue!

            Mamãe deu um grito! Papai ficou horrorizado, correu para perto dos animais, pegou Algodãozinho e gritou com o Argos:

             _ Cachorro malvado! Como pôde fazer isso com seu amigo? Vou lhe dar uma surra!

            Joãozinho e Margarida chegaram correndo, choraram muito ao ver a cena, e pediam:

_ Por favor, papai, não bata nele.

            Nisso mamãe, que havia abraçado Algodãozinho, exclamou:
_ Ele não está machucado, esse sangue não é dele!

            A família se entreolhou... Percorreram o quintal e tiveram uma grata surpresa! Perto da casinha do Algodãozinho jazia uma cobra muito venenosa! Então compreenderam tudo!

Argos lutou bravamente com a cobra e salvou a vida de seu amigo! Papai ficou muito envergonhado, e disse:

_  Meus filhos amados, que esse fato nos sirva de lição. Não devemos julgar nosso próximo, nosso Amado Mestre Jesus nos ensinou: “Não julgueis para não serdes julgados”.   

Texto: Laura Souza Machado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...